Quero o alento
da noite fria
o amor na penumbra
é bem mais bonito

É cíclica a vida
como diziam os gregos
e desejos pueris
não reconhecem
minha caducidade

Há impulsos adolescentes
pretensiosa juventude da alma
não tanto do coração
são desejos que esbarram
nas vergonhas do corpo

Vontade de voltar
àqueles tempos
em que a cama era quente
e a chuva
era música no telhado
porque a alma
não sabe (talvez)
que o tempo passou...

A minha ainda usa
vestidos de renda
pula amarelinha
e não está nem aí
para os desgastes
dos meus joelhos

Tenho sentido
muitas dores nas costas
culpa da minha alma
que insiste em pular corda
qual menina vadia

Midi: Sentimental

Kenny G

 


Clique na figura e
envie sua mensagem


O envio que chega rapidinho !!!



Desde 13.01.2005,
a sua é a visita número


Direitos autorais registrados®


| Home | Menu | Fale Comigo |


Google
 
Web www.coracao.bazar.nom.br

Página melhor visualizada com Internet Explorer 4.0 ou superior - 1024x768
Copyright© Coração Bazar - Todos os direitos reservados -
Política de Privacidade